AML Consulting - Bancos americanos desejam ajuda do governo para combater lavagem de dinheiro

Bancos americanos desejam ajuda do governo para combater lavagem de dinheiro


Os esforços para revisar as leis de lavagem de dinheiro nos Estados Unidos estão aumentando, já que grandes bancos, grupos anticorrupção e autoridades responsáveis pela aplicação da lei se fundamentam em torno da ideia de criar uma base de dados nacional de empresas e de seus verdadeiros proprietários. "Nós vimos isso como a coisa certa a ser feita e uma coisa boa para os bancos", disse o presidente da Clearing House, que reúne os maiores bancos americanos, Greg Baer.


O apoio do setor financeiro ao plano, que exigiria que companhias novas e existentes se inscrevessem na Rede de Execução de Crimes Financeiros do Departamento do Tesouro, poderia ser fundamental. A medida do banco de dados é parte de um projeto de lei apoiado pelos deputados republicanos Steve Pearce e Blaine Luetkemeyer. O Comitê Bancário do Senado também discutiu mudanças no regime anti-lavagem de dinheiro dos EUA na terça-feira, durante a primeira audiência do ano.


Em 2016, o Tesouro emitiu uma norma que exige que os bancos identifiquem os verdadeiros proprietários de empresas que assumem como clientes. Também pediu ao Congresso que crie uma base de dados nacional desses proprietários, um passo que os proponentes disseram que bloquearia a criação de empresas paralelas por atores ruins. A regra entra em vigor em maio, dando aos bancos um novo incentivo para apoiar essa medida. "No momento, os bancos são obrigados a descobrir quem é o dono da empresa. Eles só precisam fazer isso por conta própria. A regra ajudaria os bancos a fazer a diligência de forma mais eficiente se puderem verificar", afirmou Baer.



TNH1:
http://www.tnh1.com.br/noticias/noticias-detalhe/mundo/bancos-americanos-desejam-ajuda-do-governo-para-combater-lavagem-de-dinheiro/?cHash=526b93c833ef28ef291ad52596c35809

Veja também