AML Consulting - Lava Jato tem 293 acordos de delação premiada homologados, diz PGR

Lava Jato tem 293 acordos de delação premiada homologados, diz PGR


Dados foram divulgados em evento do dia internacional de combate à corrupção. Números incluem acordos da primeira instância e de políticos investigados na esfera federal.

A Procuradoria Geral da República (PGR) informou nesta segunda-feira (4) que foram homologados 293 acordos de delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato. O dado foi divulgado em um evento na Procuradoria Geral da República referente ao dia internacional de combate à corrupção.



A delação premiada prevê, por exemplo, a redução da pena para quem colaborar de forma voluntária com a investigação, apresentando provas capazes de identificar outros responsáveis pelos crimes ou revelar estruturas e funcionamento de organizações criminosas.



Segundo a PGR, apenas nos processos relativos à Operação Lava Jato em tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF), cerca de 200 acordos foram homologados. O número aumenta para 293 considerando as delações firmadas em primeira instância.



O levantamento faz parte da campanha Todos juntos pela corrupção, lançada pelo Ministério Público em setembro.



Balanço



Ainda de acordo com os números, o Ministério Público Federal firmou 18 acordos de leniência com empresas investigadas em casos de corrupção. Esses acordos devem garantir o recebimento de R$ 24 bilhões aos cofres públicos, segundo a PGR.



Em números globais, o levantamento mostra também que 95 ações penais e 439 inquéritos relacionados a autoridades com foro privilegiado tramitam no STF.



Em 2017, foram pelo menos 40 operações de combate a corrupção executadas em todo o país pela Polícia Federal em conjunto com outros órgãos, como os Ministérios Públicos Estaduais, a Receita Federal e os Tribunais de Contas Estaduais.



G1:
https://g1.globo.com/politica/noticia/lava-jato-teve-293-acordos-de-delacao-homologados-diz-pgr.ghtml

Veja também